Na Marca da Cal


Dois espetáculos da Terra ao mesmo tempo no Brasil

NOITE DE GALA DO FUTEBOL BRASILEIRO

 

Confesso que foi difícil escolher entre assistir o confronto brasileiro da decisão da Copa do Brasil e o duelo das duas melhores escolas do futebol mundial na semi da Libertadores. Mas o clima do estádio do “centenário” Mário Filho me encantou mais. Como estava lindo o Maracanã lotado, com grande presença de hermanos, diga-se de passagem.

 

Meu sogro e o eterno grande craque Júnior acertaram em cheio: o “predestinado” Washington fez o que o comentarista do Sportv chamou de “sorte de campeão”. Pela terceira partida consecutiva na Libertadores, o tricolor carioca mostra poder de reação, não se abatendo após ter o placar adverso, conseguindo impor sua vontade de tentar reverter o resultado e marcar gols importantes. Desde o Santos de Pelé que um time brasileiro não passva pelo Boca Juniors, não mais nossa "pedra no sapato".  

 

E o que dizer de Dodô? Constante jogador-problema, o antigo exemplo de “chinelinho” provou mais uma vez que o seu talento não foi totalmente desperdiçado, como muitos ainda acreditam. Além de fazer dos lindos gols uma rotina, o craque segue como verdadeiro ponto de equilíbrio do time carioca, entrando em momentos críticos das partidas e mudando totalmente a cara do time. Como joga bola esse cara!! Me lembra o Romerito, camisa 7 do time carioca que foi campeão brasileiro em 84, coincidentemente com outro Washington vestindo a camisa 9 e outros craques em campo, além do Carlos Alberto Parreira no lugar que hoje pertence a Renato Gaúcho.

 

O TROFÉU É ALVI-NEGRO E A TORCIDA É PARA O FLU

 

No Morumbi, a festa estava igualmente bonita. Verdade que os “loucos” torcedores da Fiel sairiam comemorando antecipadamente se não fosse o “arqui-rival” Enílton. O gol do ex-palmeirense no finzinho deixou uma pulga atrás da orelha dos corinthianos e reascendeu as esperanças dos pernambucanos. Mas, sinceramente, acho que essa taça já tem dono, vai para o Parque São Jorge. Meus vizinhos torcedores estarão mais felizes nessa mesma hora na quarta que vem, quando o jogo na Ilha do Retiro estiver terminado. Não tenho a menor dúvida disso.

 

Boto a mesma fé que o Brasil conquistará mais um título continental. A LDU não é páreo para o Flu, mesmo com a altitude de Quito. Boa sorte para os grandes nomes do representante verde-amarelo na grande decisão sul-americana. Em especial ao Renato, excelente ponta-direita, gremista de formação e tricolor de coração.



 Escrito por Fernando às 00h27 [] [envie esta mensagem]






ARENA ROMANA É PALCO DA VERGONHA DO FUTEBOL BRASILEIRO

Nada mais patético do que foi testemunhado por milhares de torcedores que tiveram o (des)prazer de pagar valiosos reais na tarde do último domingo para ver a baixaria no Estádio dos Aflitos. Afinal, o que esperar de uma partida de futebol no Brasil, o país dos caras-de-pau? Nunca um nome de uma arena de futebol caiu tão bem como o palco de Náutico e Botafogo.

 

Aflitos ficaram os torcedores de bem, cada vez mais distantes nas arquibancadas, numeradas e gerais dos campos brasileiros. Todas aquelas cenas lamentáveis me remeteram a lembranças igualmente desprezíveis, como aquele fatídico São Paulo X Palmeiras na final da Copa SP de Futebol Júnior de 1996 e de tantas outras tragédias ocorridas em campos de futebol mundo afora.

 

No caso deste fim de semana, não foi somente o chilique do zagueiro André Luis e a truculência de alguns dos policiais que foram sinônimos de tudo que mais deveríamos combater no esporte. O espetáculo todo foi deplorável: juiz deixando a violência comer solta durante o jogo, de pouquíssimos bons momentos que valham a pena comentar. Tirando os dois gols do atacante Felipe, não me lembro de nada interessante para citar aqui.

 

E o que dizer dos policiais? É claro que o jogador da estrela solitária merecia ser punido com o segundo cartão amarelo e sofrer a conseqüente expulsão. Agora, como aceitar o fato do jogador ser atirado aos “ leões” da torcida pernambucana, sendo obrigado a sair do campo praticamente carregado e pelas arquibancadas, com a desculpa de ser “o local mais seguro no momento para retirar o jogador”, como um dos policiais teve a coragem de afirmar em entrevista ao vivo pela televisão.

 

Bebeto de Freitas acabou sofrendo o constrangimento de ser levado à delegacia, após ter voz de prisão decretada durante a confusão. Não defendo a postura do dirigente, que deveria dar o exemplo. Mas, acho que é perdoável seu comportamento ríspido com os policiais diante dos maus tratos sofridos pelo atleta de seu clube. Seu destempero foi nítido, mas isentaria o cartola de culpa.

 

Hoje, a Justiça Desportiva declarou que o jogador poderá ser suspenso por 23 partidas, se for mesmo apontado como o principal causador do tumulto em Recife. Justo que a punição seja aplicada, mas não vai adiantar nada. A sujeira vai ser jogada para debaixo do tapete de novo, em meio a discussões sobre “investimentos de melhorias” no entorno de todos os locais candidatos a sediar jogos da Copa de 2014.

 

Tudo o que aconteceu é um pequeno retrato da quase falência do futebol brasileiro, em meio à escassez de craques, precária infra-estrutura dos estádios e falta de planejamento em investimentos importantes.

 

O pior é que acabamos nos acostumando com tudo isso.

 

Cedo ou tarde...



 Escrito por Fernando às 00h36 [] [envie esta mensagem]






Antes tarde do que nunca...

Já estava com saudades disso. Digo a todos que agora essa reestréia não será mais adiada.

Mais tarde eu volto, falando sobre o que vai acontecer por aqui. O Pan já acabou, muitas águas (ou bolas...) já rolaram e outras tantas vão rolar !!

Até !! 



 Escrito por Fernando às 00h51 [] [envie esta mensagem]






AGORA VAI...

Uma das partes mais divertidas das transmissões de partidas de futebol que acompanho pelo rádio sempre que posso é quando o (grande) Flávio Prado comenta alguma substituição insossa de técnicos mundo afora, tentando tirar coelho da cartola. "Agora vai !" ele diz, com ar de quem já sabe que trocar o lateral-direito titular (há pouco tempo reserva) pelo reserva (que era o titular semana passada...) não vai dar em nada.

Foi inevitável lembrar dessa frase quando li na UOL que o presidente do Corinthians Alberto Dualibi e seu "fiel" escudeiro Nesi Curi pediram afastamento de seus cargos na direção do clube. Agora a "comissão técnica" do novo velho Timão vai tentar resolver a situação de ingerência do clube de maior torcida de São Paulo, trocando alhos por bugalhos. Um tal de Clodomil Orsi (nunca ouvi falar...) vai assumir a direção para tentar dar direção, enquanto os notáveis tomam providências. Em meio a um empate melancólico com gol contra do zagueiro alvinegro Cadu aos 44 do segundo tempo, os verdadeiros fiéis sofrem com a lamúria que o clube de Parque São Jorge passa nos últimos tempos.

E ainda tem corinthiano que acha muito estranho a infame campanha do time nesse brasileiro: "Como um clube que foi campeão brasileiro há menos de 2 anos pode estar entre os últimos na tabela após quase um turno inteiro? Faça-me um favor !       



 Escrito por Fernando às 23h05 [] [envie esta mensagem]






Sorry...

Olá amiguinhos,

Acabei me estafando de tanto PAN. Qualquer canal de TV, programa de rádio ou web page só falavam nesse PAN, nunca vi...

Sério agora: começarei devagar, falando sobre o futebol e outros assuntos de interesse de todos os fanáticos por esporte!

Já volto para reinauguração do NA MARCA DA CAL !!!

Até,



 Escrito por Fernando às 22h47 [] [envie esta mensagem]






DE VOLTA E COM FOME DE BOLAS !!!

Olá a todos, buenas noches...

Em tempos de Pan, Brasileirão e Copa América, volto para informar, divertir, entreter ou apenas satisfazer minha vontade de estravazar meus pensamentos sobre assuntos que mais me interessam.

Nos vemos a partir de amanhã, data oficial de abertura do Pan (Hoje, o Brasil já meteu 4 nas uruguaias no futebol para moças, mas deixa isso para amanhã, ok ?!)

Nos vemos já, já !!



 Escrito por Fernando às 22h48 [] [envie esta mensagem]






Fratelli d’Italia, l’Italia s`é desta...

OBS 1: Esse texto é de segunda, dia 10. Por motivos já citados, não pude colocá-lo no ar. Sorry e obrigado pela compreensão!!

 

ITÁLIA 1 X 1 FRANÇA (nos pênaltis, 5 X 3)

 

I bambini somo contento, più contento. Felicittà!! São as palavras mais ouvidas nas ruas de toda a extensão da Bota, sem dúvida! Quarto título merecido, sofrido, suado. Como de costume.

 

Um grande goleiro (e melhor jogador da Copa, não importa o que a Fifa disser), uma ótima zaga, um bom meio de campo, com guerreiros orgulhosos do que estavam fazendo e um ataque que faz o seu trabalho. Tudo o que 180 milhões de fanáticos verdes e amarelos gostariam de ter visto por parte de seus representantes da bola.

 

No fim, foi uma Copa razoável, que teve um campeão a altura. Sem desmerecer os italianos, a própria final foi mediana, com em 94. E como naquele fatídico 21 de Julho, a decisão foi para os pênaltis. Finalmente, o trauma acabou.

 

O futuro do calcio é incerto. Nunca um escândalo nos bastidores do futebol foi tão grave e muitas cabeças vão rolar (que inveja!!). Seja qual for o resultado do julgamento dos problemas de corrupção descobertos no campeonatos profissionais de lá, essa seleção já faz parte da história.

 

Auguri tifosi !! Parabéns aos campeões, ou melhor, tetracampeões.

 

OBS: Só um breve comentário para terminar: o que foi aquilo com o Zidane? Como um jogador de tanta categoria, com uma história brilhante para lembrar e uma elegância tão rara em um jogador de futebol, consegue jogar tudo no lixo como fez? Aquela cabeçada é injustificável e digna de punição. Nem se o Materazzi tivesse xingado toda a família dele de todos os nomes possíveis e imagináveis. Para mim, não tem perdão!

 

Vergonhoso!!!



 Escrito por Fernando às 18h05 [] [envie esta mensagem]






Schweinsteiger !!

OBS: Esse texto foi escrito na segunda, dia 10. por problemas de internet, não pude coloca-lo no ar antes de hoje. Sorry!! Agora, tudo resolvido. Obrigado pela compreensão.

 

 ALEMANHA 3  X 1 PORTUGAL

 

Ele é a minha escolha para revelação da Copa, independente de quem a Fifa premiar. O meia, de 21 anos e nome complicado, joga no Bayern de Munique e fez só os 3 gols da Alemanha nesse jogo. O cara comeu a bola, foi muito bem nos outros jogos e termina a Copa orgulhoso de sua atuação e do futebol alemão, assistido pelo mundo inteiro.

 

Mereceram pela empolgação, pela organização e por conseguir resgatar o prazer de ser alemão. Antes de o torneio começar, só o que se ouvia era a história da fraude na arbitragem profissional e as dúvidas levantadas (e em grande parte maldosas) na competência do técnico Jürgen Klinsmann.

 

E daí se o cara mora nos Estados Unidos? E daí se a Alemanha tem problemas de relacionamento entre os jogadores? E daí se os problemas com venda de ingressos e de infra-estrutura dos estádios assombram o país da Copa há alguns dias antes do Mundial?

 

Provaram que é preciso criticar ações e não suposições. No fim das contas, tudo deu certo, as engrenagens todas funcionaram bem (claro que problemas esporádicos aconteceram) e o resultado veio: um honroso e merecido 3º lugar e uma vitória para terminar tudo leve.

 

Aos lusos, fica o registro de uma Copa bem disputada e a certeza de que o grande Felipão precisa ser garantido no cargo. Para o bem do futebol português !!

 

Parabéns, Franz “Kaiser” Beckenbauer e a todos os germânicos, felizes e orgulhosos com sua seleção! Merecido !



 Escrito por Fernando às 17h35 [] [envie esta mensagem]






Assim eu choro...

ITÁLIA 2 X 0 ALEMANHA

FRANÇA 1 X 0 PORTUGAL

 

Gente, não deu o que eu queria. Confesso que torci para dar o Felipão contra o Klinsmann, a empolgação germânica contra os desbravadores portugueses. Luis Felipe Scolari em sua segunda grande final com Portugal em 2 anos enfrentando cara a cara os organizadores da melhor Copa (diz quem está lá) e time mais a fim de ganhar a taça, que até dia 8 de junho era nossa...

 

Mas, vamos ser razoáveis: os franceses (ou seja, alguns deles) resolveram jogar depois que chegaram às quartas-de-final. Ensaiaram contra o Brasil, passaram o som contra Portugal e prometem dar espetáculo contra os italianos (menos...).

 

Já os da bota lutaram, lutaram e lutaram. Jogaram como sempre jogaram essas Copas todas: um tropecinho aqui, um bom jogo ali, muita correria, muito sangue na veia e a tradição da camisa azul.

 

É, na hora do vamos ver, mostraram do que eram feitos. Os italianos fugiram do script usual e arriscaram a sorte. E ela veio, em dois golaços e a certeza do favoritismo no domingo, não só pelo melhor futebol, como pelo melhor condicionamento físico (ideal para uma prorrogação).

 

Já os “bleus” tem a vantagem de estarem em ascenção e de terem 2 fantásticos jogadores: Henry, o carrasco do Brasil e Zizou, um dos melhores jogadores que eu vi jogar. O grande craque da minha vida como espectador de futebol é o eterno camisa 10 do Mengão. Vi outros tantos, mas ultimamente não me lembro de ter ficado tão embasbacado em ver um jogador em ação como Zidane contra o Brasil.

 

Por isso, acho que a Itália está um nanômetro a frente da França. Para deixar claro, confio mais em Zidane do que em Totti. Por outro lado, sou mais Buffon e Cannavaro do que Ribery e Henry.

 

Só que tem uma coisa (que meu pai não me ouça): não vou torcer para ninguém! Afinal, é a decisão de discípulos de Paolo Rossi contra nosso maior inferno astral de Copa !

 

Tô fora !!!!



 Escrito por Fernando às 20h50 [] [envie esta mensagem]






Sou da terrinha, opá !!

OBS: esse textinho é de quarta-feira dia 4, mas não entrou no sistema por qualquer motivo que desconheço. Fica como registro.

Obrigado!!

 

Não acreditem em quem disser que nasci na Liberdade, sou filho de brasileiro com japonesa e tenho sangue anglo-saxão nas veias. Na verdade, sou nascido em Trás dos Montes, vim para o Brasil pequerrucho e como bolinho de bacalhau todas as manhãs obrigatoriamente.

 

Vou torcer como louco! Será que Zizou e Vieira terão força suficiente para encarar o mais casca grossa dos brasileiros? O que vai pesar mais: a camisa francesa ou o legado português? Pode Felipão vingar a honra de mais de 180 milhões de torcedores postiços do continente verde-amarelo?

 

Bom, vale a torcida! Depois de ontem, tudo é possível. Nessa Copa, até jogador Grosso é herói...

 

Bom, chega de papo:

 

PORTUGAL 2 X 1 FRANÇA (gols de Pauleta e Cristiano Ronaldo)

 

Mais tarde, volto com os finalistas.  



 Escrito por Fernando às 10h10 [] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, INDIANOPOLIS, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Esportes, Música
MSN -









01/06/2008 a 07/06/2008
29/07/2007 a 04/08/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
14/05/2006 a 20/05/2006


 
 




UOL Esporte
Google
Lance !
Retrospecto Corintiano
Blog do Juca Kfouri
 
 

Dê uma nota para meu blog